terça-feira, 9 de agosto de 2016

terça-feira, 19 de julho de 2016

Duas fatias de pão integral contêm 2 colheres de açúcar?


Na semana passada, um artigo no excelente site Green Me me deixou perplexa: duas fatias de pão integral possuem mais de duas colheres de açúcar. Embora haja grande quantidade de farinha refinada na composição desse pão, imaginem como deve ser o pão totalmente branco em relação a essa questão...

Há alguns anos me senti desconfortável ao saber que os níveis de glicose são elevados de forma significativa após a ingestão dos carboidratos simples do pão branco, um produto aparentemente salgado. Acredito inclusive, que a maior parte das pessoas desconheça esse fato.

Segundo o mesmo post do Green Me, a composição da farinha de trigo foi sendo modificada de uns 40 anos para cá - e “coincidentemente” os casos de diabetes foram aumentando... Para piorar a situação, a farinha de trigo contém glúten, uma substância altamente inflamatória. Ou seja, é um produto que sobrecarrega o pâncreas e ainda causa ou piora as “ites” de todos os tipos: esofagite, faringite, sesamoidite, sinusite, bursite, gastrite etc.

É triste ver crianças e adolescentes com diabetes adquirida, que necessitam de monitoramento e aplicações diárias de insulina. É triste ver tantos adultos diagnosticados com diabetes emocional. Após ler a matéria, fiquei pensando se a causa de muitos desses casos foi realmente a parte emocional, o excesso de farinha de trigo ou a combinação dos dois.

Nossos avós, nossos pais e nós fomos ensinados a ver o excesso de doces como causadores dessa doença e não o inocente pãozinho do café da manhã.
Quando criança, quantas vezes você já ouviu: “Coma menos doces, que fazem mal”? E quantas vezes você ouviu: “Coma menos pão, que faz mal”?
Eu ouvi muito a primeira advertência, mas nunca a segunda.

Geralmente quem consome pães integrais são pessoas que se preocupam com a saúde e com o bem-estar, até porque eles passam uma imagem proposital de serem mais saudáveis.

Infelizmente, assim como as rações para cães (veja aqui e aqui), os pães integrais não são tão maravilhosos quanto parecem.

Para complicar ainda mais a situação, quais alimentos figuram na base da pirâmide alimentar? Pães, bolos, bolachas, macarrão. Também há tubérculos e grãos, mas quais são os mais consumidos diariamente por nós?

Diante de tudo isso, com muito equilíbrio e sabedoria, acredito que seria muito útil colocarmos em xeque esse hábito que está tão enraizado em nós, mas que pode trazer consequências desastrosas à nossa saúde e qualidade de vida.

Recomendo fortemente a leitura do artigo que inspirou esse post e pesquisas sobre o assunto, pois acredito que esse é aquele tipo de conhecimento que levaremos conosco por toda a vida.


Até breve!


terça-feira, 14 de junho de 2016

Civilização


Primeiro derrubaram a árvore e construíram o prédio.
Depois, destruíram as casas ao lado e ergueram outro prédio - que reduziu minha visão do céu.
Quem compra uma porção de terra adquire o direito de calar os passarinhos?
Quem compra uma porção de terra pode me roubar esse pedaço de céu?


(autor desconhecido)


terça-feira, 17 de maio de 2016

O colecionador de lágrimas 4


Para encerrar essa série, mais algumas frases de “O colecionador de lágrimas” do Augusto Cury. O livro é muito bom, quem tiver a oportunidade de ler, creio que não se arrependerá.


Pensar é um mistério. Perturbar-se também.

Nós amamos a certeza, mas a existência é uma fonte interminável de dúvidas.
 

O conhecimento que abranda a emoção é o mesmo que pode excitar a ansiedade.
 

Tudo o que é raro se torna especial.
 

O caos é dramático, mas pode ser um momento único para novos começos.  Quem tem medo dele se enterra nos pântanos do conformismo.


Boa semana!






sexta-feira, 6 de maio de 2016

Relação entre orgulho e competição - reflexão


O prazer do orgulho não está em se ter algo, mas somente em se ter mais que a pessoa ao lado. 
Dizemos que uma pessoa é orgulhosa por ser rica, inteligente ou bonita, mas isso não é verdade. As pessoas são orgulhosas por serem mais ricas, mais inteligentes e mais bonitas que as outras. 
Se todos fossem igualmente ricos, inteligentes e bonitos, não haveria do que se orgulhar. 

É a comparação que torna uma pessoa orgulhosa: o prazer de estar acima do restante dos seres. Eliminado o elemento de competição, o orgulho se vai. E por isso que eu disse que o orgulho é essencialmente competitivo de uma forma que os outros vícios não são.
 

C. S. Lewis