terça-feira, 28 de abril de 2015

Contemplo


Hoje eu gostaria de compartilhar um belo poema escrito por Miguel Lucas, do site Escola Psicologia. É um daqueles poemas para ser lido lentamente, saboreando, refletindo e sentido cada frase.


Contemplo,

Fico uno com a natureza,

Aproximo-me da sua grandeza,

Relativizo as questões da vida, por momentos pertenço a algo grandioso,

Inspiro, expiro e vivo um momento encantado,

Deslumbro-me, olho para dentro e sinto a liberdade a apoderar-se de cada célula do meu corpo,

Um corpo que sente a brisa do vento, que desvenda as nuances das cores, o chilrear dos pássaros,

Permaneço imóvel,

A tranquilidade é alimento para o espírito,

Os pensamentos lentificam-se,

Quero ficar ali, simplesmente ficar,

Como é bom vivenciar a grandiosidade da unificação com a natureza,

Sempre ali, pronta a oferecer a melhor das recordações,

Sempre ali ávida para interagir na minha experiência,

Inspiro e expiro,

A cada momento sou abençoado por algo que me é dado sem ter que dar nada em troca,

Mas eu troco, apercebo-me que troco olhares, respirações, sensações que me permitem experienciar algo que não tem preço,

Sinto-me leve, livre, energizado e preenchido,

Ali fico a contemplar.


- Miguel Lucas


terça-feira, 21 de abril de 2015

O poder do exemplo 3


Gostei tanto das ideias do livro Deixe um legado, do Paulo Kretly, sobre a força do exemplo, que gostaria de compartilhar mais uma com vocês.

"Você já parou para pensar quantas pessoas pode estar influenciando?
Você já parou para pensar que espécie de influência pode estar gerando?
Reflita um pouco sobre essas duas perguntas.

Estejamos ou não conscientes disso, o fato é que sempre estamos exercendo algum tipo de influência sobre alguém: filhos, cônjuges, parentes, amigos, colegas de trabalho, funcionários, colaboradores... 


...
 

Tudo o que fazemos e dizemos exerce determinado efeito sobre os outros, e a recíproca é verdadeira: o que os outros fazem e dizem também nos afeta. O problema é que, de forma geral, somos muito mais conscientes da forma como os outros nos afetam  do que da maneira como afetamos os demais.
 

...
 

O melhor termômetro para avaliar o exemplo que você está passando aos outros é a forma como eles reagem a você. E as reações aos exemplos positivos são inequívocas: elas se traduzem em apoio, cooperação e respeito."


Pense nisso!



terça-feira, 14 de abril de 2015

Criatividade

Um dos principais atributos do ser humano consciente é a criatividade.
O poder criativo está relacionado principalmente à energia da confiança, da auto-estima e do amor próprio.
 

Aqueles que não tiveram em sua infância um estímulo permanente para criar coisas novas, experimentar novos talentos e capacidades, crescerão, fatalmente, medrosos, inseguros e dispostos a ouvir sempre a orientação dos outros para seguir adiante na vida.
O medo de experimentar deriva da idéia de que não se dispõe de poder criativo, de capacidade para criar capaz de despertar interesse e admiração.
 

Todo ser humano carrega dentro de si a capacidade de criar, seja o que for.
O poder criativo é inerente a nós, embora para muitos a vida a princípio negue as oportunidades de descobrir esse poder em seu interior.
Mas mesmo que não tenhamos tido incentivos adequados em nossa formação, sempre é tempo de descobrirmos em nós a capacidade de criar novas circunstâncias em nossa vida.
 

O passo essencial é acreditar que sempre existe um talento oculto em nosso interior, que nada tem a ver com as expectativas que os outros colocam em nós. A criatividade só se manifesta quando nos dedicamos a algo que vem ao encontro ao que nossa alma e nosso coração anseiam por realizar.
Quando prestamos atenção a esse anseio que habita dentro de nós e começamos a segui-lo, descobrimos finalmente nosso poder criador, que se manifesta sempre que realizamos algo em sintonia com o nosso ser interior. 


Alegria, paixão e entusiasmo são os termômetros que nos indicam se estamos no caminho certo.
Não se acomodar e estar sempre disposto a descobrir o que o faz verdadeiramente feliz é o caminho mais certo para despertar a poderosa chama da criatividade.


(Elizabeth Cavalcante)

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Amar Como Jesus Amou


Ah! Se conseguíssemos colocar em prática ao menos um pouquinho do que é proposto no refrão dessa música o mundo seria muito, muito melhor!
Espero que gostem!






Amar como Jesus amou
Padre Zezinho
 

Um dia uma criança me parou
Olhou-me nos meus olhos a sorrir
Caneta e papel na sua mão
Tarefa escolar para cumprir
E perguntou no meio de um sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Amar como Jesus amou
Sonhar como Jesus sonhou
Pensar como Jesus pensou
Viver como Jesus viveu
Sentir o que Jesus sentia
Sorrir como Jesus sorria
E ao chegar ao fim do dia
Eu sei que dormiria muito mais feliz


Ouvindo o que eu falei ela me olhou
E disse que era lindo o que eu falei
Pediu que eu repetisse, por favor
Mas não dissesse tudo de uma vez
E perguntou de novo num sorriso
O que é preciso para ser feliz?

Depois que eu terminei de repetir
Seus olhos não saíram do papel
Toquei no seu rostinho e a sorrir
Pedi que ao transmitir fosse fiel
E ela deu-me um beijo demorado
E ao meu lado foi dizendo assim

Amar como Jesus amou.





Feliz sábado!








terça-feira, 7 de abril de 2015

Um instante de vida que poderia durar um pouco mais


Um video sensacional, do qual não há muito o que dizer.
Tenho quase certeza de que no final, você concordará com as palavras do professor Clóvis.